Como cuidar da pele oleosa

Cuidados com pele oleosa

A pele oleosa de hoje e a aparência “gordurosa”, que incomoda tantas mulheres, pode se tornar a acne de amanhã. Esse tipo de pele é consequência da excessiva atividade das glândulas sebáceas, problema que costuma atacar pessoas predispostas geneticamente. Apesar das rugas aparecerem tardiamente neste tipo de pele, ninguém gosta dos efeitos que a oleosidade excessiva provoca na aparência do rosto; dentre os principais, pode-se destacar: brilho excessivo (principalmente na zona T), aparecimento de cravos e espinhas, poros dilatados. Veja alguns cuidados que no dia a dia podem ajudar a controlar a oleosidade da pele do rosto.

 

1. Evite lavar o rosto com água quente, pois estimula a produção de mais oleosidade;

2. Evite alimentos gordurosos;

3. Beba bastante água, coma frutas, legumes e verduras;

4. Só use filtros solares com rótulo de oil free.

 

A pele oleosa elimina quantidades mínimas porém constantes de gorduras epidérmicas que irão formar, juntamente com o suor, uma película que cobre e protege a camada córnea, contribuindo para sua coesão, lubrificação e proteção. Quando as glândulas sebáceas produzem mais sebo que o necessário, a pele torna-se gordurosa. No exame clínico, apresenta-se como uma pele brilhante, poros dilatados principalmente nas regiões central da face, nariz, bochechas e queixo. Tendem a formar cravos, e geralmente é uma pele irritável

pele-oleosa-41

Quais as características da pele oleosa?

 

Pele espessa com poros dilatados ( cravos escuros e claros)

Aparência oleosa

Formação de rugas tardias

Como devem ser os produtos para pele oleosa?

 

Devem normalizar a secreção sebácea, possuir ação calmante e suavizante da superfície, muitas vezes espessa e irritada. Devemos considerar este tipo de pele frágil. Utilizar produtos adequados que não retirem em excesso a gordura da superfície, nem causem irritação.

 

Como tratar da pele oleosa?

 

Higiene: limpar com detergentes neutros, evitar os muito ácidos ou alcalinos. Evitar o desengorduramento excessivo, pois pode provocar efeito rebote na produção do sebo. Usar emulsões com baixo teor de gordura.

 

Tonificação: princípios ativos como o hamamélis, calêndula, hortelã, cânfora e mentol podem contribuir no controle da oleosidade e promover uma ação anti-inflamatória.

 

Correção: devemos prevenir e eliminar os cravos, descongestionar, hidratar e prevenir o envelhecimento. Loções não oleosas ou géis são mais adequados para este tipo de pele.

poros_dilatados_interna

Para maiores informações acesse: Clínica de Pele

Curta nossa página no Facebook, e acompanhe nossas dicas de beleza, saúde e estética diariamente: Clínica de Pele no Facebook