A importância do cálcio para a sua saúde

1

Não são apenas ossos fortes, o cálcio pode trazer muitos outros benefícios para a sua saúde.
Sabemos que o organismo, para ter um bom funcionamento, precisa de “combustíveis” que dão força e energia para fazermos nossas tarefas diárias. Esses combustíveis são as vitaminas e minerais que desenvolvem um papel fundamental no corpo desde a sua formação, cada um tem a sua importância, como o cálcio, um mineral fundamental que têm diversos benefícios, principalmente para os ossos, mas não é somente isso, existem outros benefícios.

O cálcio é um mineral classificado como macronutriente, que são nutrientes necessários para o organismo em grandes quantidades ingeridas diariamente, para suprir a perda e manter a saúde dos dentes e dos ossos. A concentração desse mineral no corpo constitui em 99% nos ossos e nos dentes e 1% na circulação sanguínea, ele é encontrado em grande quantidade no organismo, pois além de fazer parte da formação dos ossos e dos dentes, ao longo da vida os mantêm saudáveis para não sofrerem fraturas.

Os benefícios que o cálcio traz para a saúde são muitos, vão além do que já sabemos, que é cuidar dos ossos e dos dentes. Recentemente foi descoberto, através de um estudo, que o cálcio auxilia na perda de peso, pois a porcentagem que fica na corrente sanguínea desempenha o papel de inibir as enzimas responsáveis pela formação dos adipócitos, células que armazenam gordura no corpo. Foi identificado também que a obesidade está ligada com a falta de cálcio no organismo, mas não pense que quem está no peso ideal está esbanjando cálcio, pode acontecer de pessoas magras terem a falta do nutriente e, não esqueça que para emagrecer, é preciso ter uma alimentação balanceada, rica com todas as vitaminas e minerais necessários.

O cálcio desempenha outras funções no organismo que também são muito importantes, como:
• Auxilia na contração muscular;

• Coagulação sanguínea;

• Função enzimática;

• Transmissão nervosa.

A quantidade recomendada para um adulto consumir diariamente é de 1000mg entre os 19 e 50 anos, após essa idade começa a perda de massa óssea em ambos os sexos, por isso a quantidade aumenta para 1200mg diariamente, para que os ossos fiquem fortes e saudáveis, assim os riscos de fraturas serão diminuídos. Em algumas fases da vida, principalmente da mulher, durante a gestação e lactação, a quantidade recomendada é de 1200mg, nesse período a perda de cálcio é muito grande. Na infância também é preciso uma grande quantidade de cálcio, após 1 ano de idade é recomendado a ingestão de 800 mg para o desenvolvimento perfeito dos ossos.

A absorção do cálcio é feita gradativamente, por isso não ache que ingerindo a quantidade necessária de uma vez estará fazendo o bem para o seu organismo, na verdade o organismo vai absorver apenas o necessário, portanto coma pequenas porções de alimentos ricos em cálcio, os alimentos lácteos costumam ser os mais ricos.

Para auxiliar na absorção do cálcio, a vitamina D é uma grande aliada e a melhor forma de adquiri-la é tomando sol, pois ela é produzida pelo próprio organismo e dificilmente encontrada em alimentos, mas não é necessário se bronzear, 15 minutos no sol da manhã diariamente já e o suficiente. Evite aliar a ingestão de alimentos ricos em ferro, como a carne, com a ingestão de alimentos ricos em cálcio, pois o ferro dificulta a absorção do cálcio no organismo.

A falta do cálcio pode desencadear algumas doenças ligadas aos ossos, como:

• Osteoporose: Perda de massa óssea;

• Osteomalácia: Falha na construção dos ossos;

• Raquitismo: Má formação dos ossos durante o período de crescimento.

Tenha uma alimentação rica em nutrientes e não deixe faltar o cálcio, facilmente encontrado no leite, queijos, iogurtes e verduras de folhagem verde-escura. Caso perceba que alguma coisa está errada, sentindo dores ou perceber que os ossos estão fracos, procure um médico para que ele indique o melhor tratamento.