Melanoma pode ser detectado pelo odor, diz estudo

Já imaginou identificar um tumor pelo cheiro? Pois saiba que um odor característico emitido pelas células do melanoma pode ser um novo método para diagnosticar a doença. Um estudo realizado noMonell Center, na Philadelphia, Estados Unidos, chegou a essa conclusão após algumas pesquisas realizadas em laboratório. O estudo foi publicado no Journal of Chromatography B.

Os pesquisadores utilizaram técnicas que identificavam compostos orgânicos voláteis (VOCs), moléculas químicas que emitem odor, em amostras colhidas da pele. Os VOCs foram diferenciados em três estágios de melanoma e em melanócitos normais

Utilizando dispositivos absorventes, eles coletaram amostras químicas de vários tipos de células, e as estocaram em tubos. Através de técnicas de cromatofotografiaeles conseguiram identificar vários tipos de VOCs de células cancerosas e sadias. As células de melanoma emitiram compostos que diferiam daqueles emitidos pelas células sadias. Os diferentes tipos de células de melanoma também foram distinguidos pelo tipo de compostos químicos que liberaram.

Para tornar esta descoberta útil na prática clínica, os pesquisadores começaram a analisar VOCs das células com um nanosensor feito de tubos de tamanho muito pequeno, que foram revestidos com fitas de DNA. O dispositivo portátil provou ser útil para decifrar as diferenças de VOCs de células cancerígenas e normais. No entanto, mais estudos são necessários para atestar a eficácia do método.

 

Fonte: http://www.sbcd.org.br/noticia/2561