Estudante cria creme para remover tatuagens

No Canadá, o estudante Alec Falkenham, da Universidade de Dalhousie, está desenvolvendo uma tecnologia de baixo custo para a remoção de tatuagens. O produto será um creme, como um hidratante, e não precisará de supervisão médica na hora da aplicação.

Batizada de Bisphosphonate Liposomal Tattoo Removal (BLTR), a tecnologia é menos invasiva do que os atuais procedimentos de remoção a laser.

Após a aplicação, o creme libera uma droga no organismo que elimina apenas as células coloridas pela tinta, sem danificar o tecido ao redor.

Ao fazer uma tatuagem, algumas células de defesa do corpo, chamadas macrófagos, englobam o pigmento para proteger o restante das células deste “corpo estranho”. O que nós vemos, ao olhar para uma tatuagem, são, na verdade, os macrófagos na pele.

Com o passar dos anos, como todas as células do corpo, elas também acabam sendo substituídas por novas células – e é por isso que as tatuagens costumam se tornar mais opacas e perder a cor ao longo do tempo.

O creme com BLTR acelera esse processo natural do corpo, estimulando os gânglios linfáticos, que produzem as células de defesa.

O produto está sendo testado em orelhas tatuadas de porcos e os melhores resultados têm sido obtidos em tatuagens com mais de dois anos.

O pesquisador garante que o preço do produto para remover uma tatuagemde dez centímetros ficará em torno de 4,50 dólares, mais barato que uma sessão a laser.

Mas, por enquanto, não há previsão de lançamento do creme no mercado.

Fonte:https://www.ipele.com.br/noticias/8664/estudante-cria-creme-para-remover-tatuagens