Componentes alergênicos presentes nos cosméticos – post 2 de 3

CONSERVANTES

São substâncias adicionadas como ingredientes aos Produtos de Higiene Pessoal, Cosméticos e Perfumes, com a finalidade de inibir o crescimento de microorganismos durante sua fabricação e estocagem ou para proteger os produtos da contaminação inadvertida durante o uso.

 

Os parabenos fazem parte de um grupo de produtos químicos conhecidos que constitui uma parte importante dos conservantes que podem ser utilizados em produtos cosméticos. De acordo com o Food and Drugs Administration (FDA), os parabenos são uma classe de compostos químicos normalmente utilizados como conservantes, principalmente em cosméticos, que podem ser encontrados também em alguns alimentos e medicamentos. Os mais comuns são metilparabeno, propilparabeno, etilparabeno e o butilparabeno. Existem inúmeras discussões sobre o uso de parabenos. Embora muito utilizados, seu uso é questionável. Estudos sugerem sua relação com o aumento da atividade estrogênica e consequente efeito carcinogênico.

Devido aos questionamentos quanto ao uso de parabenos e os componentes sensibilizantes que normalmente são utilizados nos cosméticos, as peles sensíveis e sensibilizadas necessitam de maior cuidado com relação à composição dos cosméticos, objetivando evitar as substâncias que causam hipersensibilidade.

Visando o cuidado das peles sensíveis e sensibilizadas, a Galena disponibiliza para o mercado uma linha de conservantes livre de parabenos, totalmente adaptado e adequado para fórmulas manipuladas personalizadas.

Além do fato de ser livre de parabenos, alguns conservantes da linha Galena também são preservative-free, ou seja, um ingrediente cosmético de propriedade natural que não é classificado como conservante pela ANVISA, mas apresentam ação antimicrobiana, como por exemplo: Naticide, considerado um perfume e Nikkoguard 88 derivado da glicerina.

Fonte: galena.com.br