Hábitos ALIMENTARES e emoções que refletem na Pele – post 4 de 4

Importância dos prebióticos na saúde intestinal

 

Devido a alguns fatores acima relacionados, na maior parte das vezes, há necessidade de suplementação dos prebióticos. Quando as bactérias saudáveis fermentam as fibras prebióticas, elas produzem ácidos graxos de
cadeia curta que:

  • Promovem a integridade da mucosa intestinal;
  • Mantém o pH ideal e acidificado – mais adequado para o lúmen intestinal;
  • Mantém a integridade da mucosa que aumenta a capacidade de absorver vitaminas e minerais e inibe a passagem de macromoléculas e outros xenobióticos;
  • Inibição do crescimento de bactérias patogênicas (inclusive H. pylori), leveduras e vírus;
  • Aumenta a expressão de citocinas anti-inflamatórias e reduz a expressão
    de citocinas pró-inflamatórias;
  • Controla as respostas alérgicas.

 

Portanto, a adequação de bactérias probióticas, fibras prebióticas, minerais, vitaminas e Ômega 3 são determinantes na modulação do sistema imunológico. É importante lembrar que a correção dos hábitos alimentares é a base para uma real mudança de causa, porém, a suplementação nutricional é fundamental em várias situações para, inclusive, quebrar o ciclo vicioso, tratar os distúrbios existentes e prevenir os próximos, promovendo a saúde integral.

As manifestações na pele vão depender, portanto, da predisposição genética e dos fatores epigenéticos aqui relacionados, sendo mais um dos sintomas alérgicos que hoje têm uma altíssima incidência na população em geral.

 

Fonte: galena.com.br