Cosméticos orgânicos

Muito se fala em questões ambientais e, em quase todos os setores, marcas se engajam em causas e lançam produtos com essa responsabilidade social. Seguindo essa tendência, no mercado de beleza, os cosméticos ecologicamente corretos, ganham cada vez mais espaço e adeptos.

A procura pelo consumo de orgânicos tem aumentado, principalmente por pacientes que costumam adotar um estilo de vida mais saudável e sustentável. Outro fato curioso é que, de uns tempos para cá, celebridades adeptas aos orgânicos têm contribuído para impulsionar esse tipo de consumo.

Entre as vantagens dos produtos que não possuem aditivos químicos em suas formulações está o baixíssimo risco de reação alérgica. Já sobre o uso de cosméticos orgânicos como máscara faciais, em conjunto aos principais tratamentos minimamente invasivos, como preenchimento de ácido hialurônico e toxina botulínica A. Não existem restrições, sejam os produtos orgânicos ou não. Apenas respeitar o mínimo de 12h após a aplicação, exceto os filtros solares.

Para quem procura por esses cosméticos, a dica é tirar o foco das farmácias e lojas tradicionais e partir para estabelecimentos de produtos naturais, lojas on-line especializadas e feirinhas de orgânicos, onde geralmente são encontrados.

E já que o tema orgânico ainda confunde um pouco com produtos de outras características, aqui vai uma ajudinha:

Orgânico: tem no mínimo 95% de matérias-primas orgânicas em relação ao total de naturais utilizadas na sua composição.

Vegano: não possui nenhum ativo de origem animal e, no seu processo, também não foi testado em animais.

Natural: tem 95% de matéria-prima natural em sua composição

A importância da sustentabilidade, até quando o assunto é beleza: Sempre que pudermos optar por uma forma de poluir e degradar menos nosso meio ambiente, estaremos preservando a nós mesmos.

 

Fonte: alemdabeleza.com.br